Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Green Ideas

Green Ideas

Dia Internacional do Urso Polar

27.02.24 | Ana D.

fev_urso polar.jpg

Hoje, dia 27 de fevereiro é Dia Internacional do Urso Polar. O objetivo deste dia é alertar para o perigo de extinção deste animal, classificado desde 2001 como espécie protegida.

Fruto do aquecimento global e do degelo, a vulnerabilidade da espécie aumentou, mas também a exploração de petróleo e gás naquelas que são as regiões que lhe servem de habitat, a caça predatória e a poluição são ameaças sérias à sua sobrevivência.

 

Feliz Aniversário José da Xã!

26.02.24 | Ana D.

fev_amigo.jpg

Experiências cientificamente comprovadas demonstram esta grande verdade, a propósito do meu Amigo José da Xã, a quem aproveito para, neste dia tão especial, desejar um
Feliz Aniversário!

fev_feliz aniversário.jpg

E se por acaso leu este post e ainda não o conhece (o que me parece difícil), saiba que é autor do livro "Quatro Desafios de Escrita" e que poderá conhecê-lo melhor no seu blog Lados AB

Estrelinha

21.02.24 | Ana D.

fev_estrelinha.jpg

Estrelinha era uma doce e linda menina. Uma menina cheia de vida!

De sorriso fácil e genuíno, Estrelinha era uma menina muito curiosa que tinha na sua essência um forte espírito criativo e uma imaginação que a levava a viajar pelo mundo. De sorriso fácil, lia-se-lhe a ingenuidade na alma e a doçura no coração.

A sua imaginação não tinha limites e por isso era no meio dos livros que se sentia bem. Era nos livros que encontrava as respostas para tantas e tantas dúvidas que a inquietavam. Era através dos livros que conhecia os lugares mais inóspitos e que vivia tantas e tantas aventuras. Era nos livros que tanto descobria e que mil uma emoções sentia. Era com os livros que aprendia... e com eles que tanto crescia.

Estrelinha vivia numa casa muito humilde e não tinha muitos brinquedos, mas nem sequer pensava nisso. Antes pelo contrário! Ela tinha um modo de ver e viver a vida que era só seu! O seu coração era puro e genuíno e por isso percebia bem o valor das pequenas grandes coisas da vida...

Estrelinha vivia numa casa humilde, mas aos seus olhos e no seu coração olhava para a sua casa e via um castelo. Também tinha lido sobre a solidão, sobre a indiferença e sobre outras espécies de sentir, mas Estrelinha vivia no seio de uma família maravilhosa que a amava! Uma família que vivia para ela! Sabia que muitos não tinham amigos, mas ela tinha nos seus livros, grandes companheiros que tanto lhe davam a saber e ainda tinha a sua gatinha Mimi que era a sua melhor amiga e companheira de brincadeiras. Sabia ainda que muitos não podiam aproveitar a Natureza, mas ela tinha um enorme verde prado pintado de belas flores de todas as cores onde podia correr com as borboletas e sentir a liberdade do vento no rosto. Podia ver as plantas a crescer, apreciar a beleza do seu florescer e os frutos a amadurecer.

Quando anoitecia e se fazia tempo de ir para a cama, a sua também doce mãe levava-lhe uma chávena de chá morninho com uma fatia do seu bolo preferido e enquanto os saboreava, Estrelinha gostava de se sentar à janela a olhar para o céu.  Adorava admirar a sua imensidão e o brilho das estrelas. Ás vezes até via uma estrela cadente! Enquanto isso pensava no tanto que tinha na sua vida! No tamanho da sua felicidade! 

Que mais poderei eu querer? - pensava Estrelinha.

Pois é! O valor das coisas está no olhar de quem as vê e no coração de quem as sente! 
E Estrelinha era assim... 

A mãe vinha então aconchegar-lhe os lençóis e dar-lhe um beijinho de boa noite. Estrelinha adormecia imensamente grata pelo tanto que os seus olhos podiam ver e pelo tanto que lhe enchia o coração, enquanto o seu sono era adorado por borboletas encantadas que voavam pelos seus doces sonhos!

Sugestão de Cinema: Beekeeper - o Protetor

20.02.24 | Ana D.

fev_beekeeper.jpg

Hoje deixo-vos uma sugestão de cinema. Trata-se de um filme de ação, cujo protagonista é o ator Jason Statham, que desempenha o papel de Adam Clay, um homem aparentemente comum que na verdade é um ex-agente de uma organização clandestina, mas poderosa, chamada BeeKeepers (Apicultores).

Adam vive uma vida pacata dedicada à apicultura mas algo irá desencadear a sua fúria e o regresso ao ativo numa ação desenfreada contra a corrupção e a exploração dos mais fracos e que graças ao poder do dinheiro corrompe governos e também algumas instituições muito influentes no mundo.


Veja aqui o trailer

 

Pág. 1/2