Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Green Ideas

Green Ideas

Árvore

Desafio: vamos pintar com palavras? Hoje pinto de castanho!

27.01.21 | Ana D.

© Pinterest; The navigators

Hoje é dia de responder novamente ao Desafio: vamos pintar com palavras? feito pela Fátima Bento do blog "Porque eu posso"

21997264_iyKrZ.png

E é dia #2 de castanho!

Com o teu crescimento lento
Ao longo do tempo,
Para na tua longevidade
Ganhares densidade
E sem sair do lugar
Onde te podemos contemplar,
Imperas na paisagem,
Com ou sem folhagem,
Sempre resistente e paciente,
Sempre resiliente!

Chega o outono e aos seus primeiros sinais
Tuas folhas, cair, deixais
Para, pouco a pouco, nada teres para vestir
E ao inverno teres de resistir,
resignada a essa tua nudez
sem nunca perder a altivez...

Com a primavera, é ver-te renascer
Pois nesse tempo do florescer
Brotam em ti, folhas bastantes
Por vezes, até flores singelas
Para que teus ramos fiquem verdejantes
E no verão, sejas das mais belas,
Com folhagem farta e quiçá, frutos carnudos
Suspensos em teus ramos, ora desnudos!

Mas ao longo dessa tua andança
A cada estação do ano plena de mudança
Tuas raízes continuas a preservar
Para tua força guardar
A plenitude
Desse teu tronco lenhoso, castanho e rude
Por tantas rugas marcado
Por um tempo impiedoso
Como o rosto de quem tem um longo passado
E um caminho pesado e penoso...

 

Neste desafio participo eu, a Fátima, a Conchaa A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue e o José da Xã.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada uma, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;)

Noite...

Desafio: vamos pintar com palavras? Hoje pinto de azul marinho!

20.01.21 | Ana D.

© Pinterest; redbubble

Hoje é dia de responder ao Desafio: vamos pintar com palavras? que, muito gentilmente, me foi feito pela Fátima Bento do blog "Porque eu posso", e a quem aproveito para agradecer!

21997264_iyKrZ.png  desafio_vamos pintar com palavras (1).jpg
E para começar é dia #1 de azul marinho!

Quando o sol adormece
E o dia entorpece
Chegas lentamente
Para, pé ante pé, muito calmamente
Deixar cair teu véu
Para cobrir este, que é o meu céu!

Chegas devagarinho
De véu azul marinho
Para o céu vestir
E sobre mim, a noite deixar cair!

 

Neste desafio participo eu, a Fátima, a Conchaa A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Célia, a Charneca Em Flor, a Ana de DeusMiss Lollipop, a Ana Mestre, a Cristina Aveiro, e a bii yue.

Gostava que se juntassem a nós neste desafio mais alguns autores(as) cujo trabalho muito admiro e por isso convido: Malik, Olga Cardoso Pinto, Alice Barcellos, nadaestaescrito, Maribel Maia,Daniela Barreira, Santiago Miral. Existem tantos outros(as) autores(as), mas verifiquei que alguns deles(as) já foram convidados por outros membros do desafio.

Espero que possam aceitar! 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada uma, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;)

O poder das palavras

19.01.21 | Ana D.

palavras.jpg

Palavras...
Profundas e pesadas
Por vezes iradas
Outras, magoadas...

Palavras de desilusão ou de comoção
Proferidas com emoção...

Palavras quentes,
Tantas vezes, contundentes
Palavras frias,
Repletas de ironias

Palavras... tantas vezes apressadas
Tantas... cansadas
Por vezes, apaziguadas
Ou pela dor anestesiadas

Palavras honestas, se há verdade
De jugo, se há maldade
Firmes, quando há determinação
De dúvida... na indefinição
Ou de inverdade ou omissão
sempre sem razão!

Palavras com tempo
Em função de cada momento...
Se passado, serão de recordação
Se presente, de ação
De futuro, serão sonhadas
E tantas vezes, imaginadas!

Palavras, ternas e doces
De amizade, amor e paixão
Palavras, cheias de ilusão
Vindas do fundo do coração

Palavras leves e serenas
Palavras plenas!

Palavras...
Quantas vezes, proferidas sem pensar
Sem tempo para as julgar.
Sem saber se um muro vão erguer
E delas, se hão-de arrepender!

Palavras...
Quantas vezes com sabor
De azedume ou amargura
De acidez ou de doçura
Quantas vezes com vigor
Para tanto construir 
Ou tudo destruir!

Palavras vorazes
Que de tudo são capazes
Tamanho é o seu poder 
Imenso é o seu saber!

Obrigado

11.01.21 | Ana D.

© Pinterest; iMissio

Hoje é Dia Internacional do ObrigadoEsta palavra faz toda a diferença para quem a recebe, mas deixa ainda mais feliz quem a profere com sentimento. 

Deste modo, o meu objetivo neste dia, é agradecer a todos aqueles que fazem parte da minha vida e que me ajudam e alegram, só por existirem, presenteando-os com este este belíssimo texto do sacerdote e poeta José Tolentino de Mendonça

                                                        ORAÇÃO PELOS AMIGOS
"Obrigado, Senhor, pelos amigos que nos deste. Os amigos que nos fazem sentir amados sem porquê. Que têm o jeito especial de nos fazer sorrir. Que sabem tudo de nós, perguntando pouco. Que conhecem o segredo das pequenas coisas que nos deixam felizes. Obrigado, Senhor, por essas e esses, sem os quais, caminhar pela vida não seria o mesmo.
Que nos aguentam quando o mundo parece um sítio incerto. Que nos incitam à coragem só com a sua presença. Que nos surpreendem, de propósito, porque acham mal tanta rotina. Que nos dão a ver um outro lado das coisas, um lado fantástico, diga-se.
Obrigado pelos amigos incondicionais. Que discordam de nós permanecendo connosco. Que esperam o tempo que for preciso. Que perdoam antes das desculpas. Essas e esses são os irmãos que escolhemos. Os que colocas a nosso lado para nos devolverem a luz aérea da alegria. Os que trazem, até nós, o imprevisível do teu coração, Senhor".

 

Hoje...

08.01.21 | Ana D.

ontem hoje amanhã.jpg

Tudo o que tenho é o hoje e o agora
Porque o ontem já foi embora 
E o amanhã não sei se virá...

E com o hoje e o agora por certo
E o amanhã por incerto
É melhor viver o hoje, de coração aberto
E com muito amor por perto!

Do ontem, devo guardar o amor e a amizade
O carinho, a saudade
A alegria de cada dia
De uma vida com empatia
E os ensinamentos
Da vivência de tantos momentos!

Do amanhã, quero esperar
Que ao acordar
Seja verdadeiro
Seja por inteiro
Todo o meu sonhar
Para abrir as asas e poder voar
Para novos horizontes alcançar
E o futuro encontrar!

No hoje... no hoje, é pegar ou largar!
Não há tempo para esperar
Ou sequer para hesitar!
No hoje... é tempo de aproveitar
E com todos os sentidos dele desfrutar!
No hoje, pode o agora imperar
Porque esse... já ninguém nos pode tirar!